O governo do Paraná vai participar do I Encontro Luso-Brasileiro em Negócios de Biodiesel, que será realizado nos dias 11, 12 e 13 de junho, em Curitiba. O anúncio foi feito pelo vice-governador Orlando Pessuti nesta quinta-feira (8), no Palácio Iguaçu, durante uma reunião com o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira, António Espírito Santo Bustorff, com a cônsul de Portugal em Curitiba, Patrícia Gaspar, e outros organizadores do evento.

Segundo Pessuti, o Paraná já vem adotando nos últimos anos uma série de medidas para estimular a produção de biodiesel e que a idéia é aumentar os debates. ?Vamos ampliar os horizontes de um trabalho que, desde 2003, vem sendo feito pelo governo Roberto Requião por meio do Programa Paranaense de Bioenergia. O encontro vai proporcionar discussão de novos projetos principalmente com os portugueses?, afirmou.

Ainda segundo Pessuti, uma equipe da Secretaria da Agricultura e da Secretaria da Ciência e Tecnologia – além de todo um conjunto de instituições federais, estaduais, empresas e organizações não-governamentais – estão acelerando estudos para aproveitar o uso de produtos da agricultura na produção do óleo vegetal e do biocombustível. ?É uma prioridade não só no Paraná como em todo país?, destacou.

Para a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira, o apoio do governo do Paraná é fundamental. ?Além do governo estadual, teremos parcerias com empresários, pois o biodiesel hoje é um tema estratégico e tem despertado muito interesse por ser uma alternativa aos derivados do petróleo. Fontes de energia biodegradáveis e não-fósseis são fundamentais?, destacou.

Negócios

O secretário do Conselho de Desenvolvimento do Extremo Sul (Codesul), Santiago Martin Gallo, também presente na reunião, disse que o encontro luso-brasileiro deve gerar muitos negócios entre empresas do Paraná e de Portugal. ?Será um evento que vai facilitar ao setor privado a captação de investimentos de Portugal para a ampliação de negócios?, afirmou.

Portugal, acrescentou Gallo, têm muito interesse no biodiesel. ?Além disso, o seminário vai ampliar horizontes e gerar novos pontos de contato, que será seguramente motivo de uma reunião que vamos realizar nos próximos dias juntamente com a cônsul de Portugal. O nosso objetivo é estabelecer parcerias, ou seja, fazer missões empresariais de ida e de vinda?, anunciou.

Encontro

Segundo Wanda Dall?Oglio, da Internacional Business, empresa organizadora do evento, o I Encontro Luso-Brasileiro de Negócios em Biodiesel visa promover, primeiramente, uma cooperação internacional entre o Brasil e Portugal, mais especificamente com o Paraná. ?O interesse desses empreendedores é de investir no Brasil, especialmente no Paraná, com a transferência de tecnologia?.

O biocombustível, acrescentou Wanda, é um tema de muito interesse de toda comunidade européia e de outros continentes devido às legislações ambientais, ao Protocolo de Kyoto e à necessidade de buscar alternativas ao uso de derivados do petróleo. ?A parceria com o Paraná é importante porque é o Estado tem forte vocação agroindustrial e tem no agronegócio um atrativo especial?, destacou.