O xeque brasileiro Ali Mohammed Abdouni disse hoje que o engenheiro carioca João José Vasconcellos Júnior, seqüestrado no Iraque há 13 dias, está vivo. A informação foi dada em entrevista, por telefone, ao programa "Bom Dia Brasil", da TV Globo. Abdouni afirmou que as informações sobre o caso foram fornecidas a ele pelo governo da Jordânia.

O xeque está confiante e acredita que João José Vasconcellos Júnior será libertado. Abdouni acrescentou que a posição do Brasil em relação à guerra do Iraque é um ponto positivo para o desfecho favorável do caso. Disse ainda que a Síria, o Líbano e a Jordânia estão dando todo o apoio para que o seqüestro do engenheiro, que trabalha para a Construtora Odebrecht, seja solucionado. Ele informou que irá se encontrar com os clérigos islâmicos do Iraque ainda esta semana.

Já o embaixador extraordinário para o Oriente Médio, Affonso Celso Ouro-Preto, se reunirá com o xeque em Beirute para escrever uma mensagem que será colocada em mesquitas iraquianas.