Os questionários do Censo Escolar deste ano começarão a ser entregues, provavelmente na semana que vem. Os 11 mil estabelecimentos de ensino público e particular de todo Paraná têm até 30 de abril para entregar as 68 páginas do questionário do para o Instituto de Desenvolvimento Educacional do Paraná ? Fundepar ?, responsável pela coleta e o processamento dos dados no Paraná.

Posteriormente, as informações serão enviadas ao Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, até o início de julho. Além auxiliar no planejamento da estrutura educacional para o próximo ano, é por meio do Censo Escolar que é feito um diagnóstico da situação do ensino no país.

Quantidade de alunos matriculados, a formação dos professores, condições físicas dos prédios são alguns dos dados que serão utilizados para direcionar o repasse de verbas do governo federal. A distribuição de merenda e livros, o planejamento de transporte e verbas para programas de desenvolvimento do ensino, como o Fundef, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério, também dependem de informações do Censo.

“Muitas vezes ocorrem movimentos sociais dentro do Estado, que fazem com que determinada região tenha um número maior de alunos matriculados. Para que essas escolas tenham estrutura para atender mais alunos é preciso planejamento”, explica Sandra Turra, presidente do Fundepar.

Aumento

O número de crianças matriculadas em creches e pré-escolas no Paraná aumentou em 2003, em relação ao ano anterior, e a educação especial no Estado atendeu 2.362 mil alunos a mais no período. Esses dados são do Ministério da Educação através do Censo Escolar, que coleta informações da educação básica de todo Brasil. Foram 4,3% a mais de crianças paranaenses atendidas em creches e o número de matrículas nas pré-escolas, 6,3% maior.

O Censo Escolar é realizado desde 1938, porém somente em 1996, por meio do Sistema Integrado de Informações Educacionais é que foi possível coletar e divulgar as informações de todo país. Nesse ano uma das inovações do Censo é o levantamento das informações de ações de interação das escolas com as comunidades e também a forma de escolha do diretor da instituição.

Um dos interesses das instituições particulares em preencher os questionários do Censo Escolar é que essa é uma das condições para que seus alunos possam participar do Provão (Enem ? Exame Nacional do Ensino Médio).