As empresas estatais registraram em novembro um superávit primário de R$ 1,266 bilhão. Segundo os dados divulgados hoje pelo Banco Central, somente as estatais federais fizeram um resultado positivo, anterior ao pagamento dos juros, de R$ 1,063 bilhão no mês passado. No mês anterior, as federais tiveram um déficit primário de R$ 56 milhões. De janeiro a novembro, as estatais acumulam um superávit primário em suas contas de R$ 15,774 bilhões, que equivale a 0,89% do Produto Interno Bruto (PIB).

A nota do BC destaca que "o melhor desempenho no superávit acumulado em 2005 (até agora) ocorreu em função da performance dos governos regionais e também das empresas estatais", cujos resultados representam um crescimento de 0,2 ponto porcentual do PIB em relação ao mesmo período do ano anterior. Os governos regionais tiveram um superávit de R$ 1,938 bilhão em novembro e acumulam um saldo positivo no ano de R$ 22 699 bilhões, que equivale a 1,28% do PIB.