A embaixada americana na capital da Índia alertou nesta sexta-feira (11) que militantes estrangeiros, provavelmente da Al-Qaeda, podem estar planejando ataques contras as principais cidades da Índia nos próximos dias. O Ministério do Interior indiano não levou a sério a advertência.

A embaixada enviou e-mails aos cidadãos americanos na Índia alertando sobre a possibilidade dos atentados terroristas em Nova Délhi e Bombai. O e-mail ainda informava que o atentado deve ocorrer perto do dia da independência da Índia, 15 de agosto, e que "os alvos mais prováveis incluem grandes aeroportos, escritórios do governo indiano e locais de grande concentração como mercados e hotéis".

O e-mail pedia que os cidadãos mantivessem a discrição e tivessem atenção em relação ao entorno entre os dias 11 e 16 de agosto. A segurança na Índia já foi reforçada em razão das celebrações da independência da Índia, época em que diversos grupos separatistas realizam ataques.

O secretário-chefe do Estado de Maharshtra, onde fica Bombai, afirmou que também tem informações sobre um possível plano terrorista. O secretário-chefe, D.K. Sankaran, no entanto, se recusou a dar maiores detalhes e disse que "medidas de segurança estão sendo tomadas". A estrada de Nova Délhi para o aeroporto está sendo controlada por policiais armados que param os veículos conferindo documentos e realizando revistas.

Funcionários do Ministério do Interior da Índia disseram não ter recebido informações do possível ataque. O ministro do Interior, D. K. Duggal, chamou o alerta de "inócuo", dizendo tratar-se de assunto interno da Embaixada.