O presidente da Bolívia, Evo Morales, faz visita de Estado ao Brasil na quarta-feira (14), segundo o Ministério das Relações Exteriores. O aumento do preço do gás natural boliviano comprado pelo Brasil deve ser discutido durante a visita.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, declarou, há alguns dias, que a visita de Morales não está condicionada ao aumento e que outros temas devem ser debatidos, como a entrada da Bolívia no Mercosul, que está sob análise de um grupo de trabalho, criado no mês passado durante a última reunião do bloco no Rio de Janeiro.

"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem demonstrado boa vontade ao tratar deste tema. Agora, é evidente que há condicionantes técnicas. Não adianta querer tratar de certos assuntos só sob o ponto de vista político, disse na Amorim segunda-feira passada (5).

Além do encontro entre Lula e Morales, a visita de Estado prevê reuniões entre ministros dos dois países.