Integrada na grande bacia leiteira do Projeto Caiuá, criado em 2001 para atender e desenvolver a pecuária de leite de 20 municípios circunvizinhos de Umuarama, Maria Helena se destaca com a implantação de 18 resfriadores para atender 56 produtores e qualificar a oferta diária de 5,5 mil litros de leite.

Segundo o extensionista Orivaldo Cândido da Silva, da Emater local, empresa estadual vinculada à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, a evolução da pecuária leiteira de Maria Helena começou exatamente com a liberação de recursos do Programa Paraná 12 Meses em 2003, quando R$ 100 mil foram aplicados na aquisição dos resfriadores.

?Sem resfriadores os produtores de leite não atenderiam a legislação atual, a normativa federal instrução 51, que prevê a entrega do leite com qualidade nas platatormas dos lacticínios?, assegura Orivaldo.

Com instalação dos resfriadores, o município está ampliando o volume de entrega de leite qualificado, garante o extensionista, lembrando que Maria Helena tem atualmente 250 produtores de leite tirando diariamente 15 mil litros.

?A exemplo do que está ocorrendo na pecuária leiteira de Maria Helena, demais municípios integrantes do Projeto Caiuá também receberam recursos do governo estadual para instalar um total de 103 resfriadores, mostrando que a região de Umuarama pode se consolidar de forma competitiva como pólo leiteiro de expressão do Paraná?, afirma a engenheira agrônoma Márcia Helena Laino, gerente regional da Emater, estimando que nos 32 municípios da região da Amerios, são mais de 8 mil produtores leiteiros e produção anual de 147 milhões de litros de leite.