O Comando Militar do Leste distribuiu nota oficial informando que hoje, às 5h45m da manhã, três homens tentaram invadir o quartel do 24° Batalhão de Infantaria Blindada, na Avenida Brasil, perto da favela Roquete Pinto, no bairro de Ramos, subúrbio da Leopoldina. O trio foi detido pela guarda.

Um dos homens foi ferido no braço direito por um tiro de pistola e os outros dois se entregaram sem oferecer resistência.

O caso está sendo investigado pelo Exército por ser considerado crime militar.

Até agora, nenhum dos três foi identificado, já que eles não portavam qualquer tipo de documento no momento da prisão. O ferido foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros e levado ao hospital Central do Exército para receber atendimento.

Um dos presos diz que é menor, mas a informação está sendo checada pela polícia civil. Se for menor, será encaminhado à Vara da Infância e Juventude.

A versão dos três para tentar entrar no quartel pelo portão principal ainda é confusa, segundo a nota do Comando Militar do Leste. Eles entraram correndo no quartel, provavelmente fugindo de algum tiroteio na favela. Os três estavam desarmados na hora da prisão.

No fim de julho deste ano, bandidos da favela Roquete Pinto tentaram invadir o quartel para roubar armas. Houve troca de tiros com as sentinelas e nenhum soldado ficou ferido no tiroteio. Naquela época, os homens fugiram sem nada levar.