Pela primeira vez neste ano, as exportações de algodão pelo Porto de Paranaguá superaram a movimentação do ano passado no comparativo mensal. Desde meados abril, quando iniciaram as operações, as cargas de algodão vêm mantendo-se em alta e em franca recuperação até registrar um aumento mais significativo em agosto. Dados fornecidos pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) revelam que faltando pouco menos de uma semana para terminar o mês, a movimentação atingiu 8.498 toneladas, enquanto que em agosto de 2002 (até dia 25), o volume foi de 1.535 toneladas. Em todo o ano passado, o Porto de Paranaguá exportou 47.432 toneladas de algodão.

Incluído no segmento da Carga Geral, o algodão divide o bom volume da movimentação com outras cargas como a madeira, que até o dia 25 deste mês registrou 93.305 toneladas, contra 89.343 toneladas no mesmo período de 2002. No acumulado do ano, a Carga Geral também está representando um aumento. São mais de 3 milhões de toneladas neste ano, contra 2,8 milhões no ano passado. Com o volume registrado em 2003, o Porto aguarda para breve superar o total movimentado em todo o ano passado, quando 4,6 milhões de toneladas de produtos da Carga Geral passaram pelo Porto de Paranaguá.

Produção

O Brasil é o país produtor de algodão com maior possibilidade de expansão da cultura. De acordo com a Associação Mato-grossense de Produtores de Algodão (AMPA), em entrevista publicada no Jornal Nossa Terra, os países que têm minifúndio precisam de subsídio governamental e os grandes produtores mundiais estão tendo empecilhos para expandir, por conta, por exemplo, da falta de água, como é o caso da Austrália. A previsão para o próximo ano, é que a Austrália, maior produtor mundial, reduza sua produção em 40%, o que significa boas perspectivas de abertura de mercado para o Brasil, afirma a entidade.

A previsão dos cotonicultores é que o Brasil deva exportar 100 mil toneladas de algodão até o final deste ano, com o Estado do Mato Grosso participando com 80% das exportações. Os principais destinos do algodão exportado pelo Porto de Paranaguá são o Japão, a Indonésia, a Tailândia e o Paquistão.