Foto por: Jewel Samad

“É um momento histórico”, afirmou neste domingo o volante espanhol Cesc Fábregas, após conquistar a Copa do Mundo contra a Holanda e ter dado o passe para o gol de Andrés Iniesta, no segundo tempo da prorrogação.

“É um momento histórico. Penso em minha família que viajou até aqui. Tive um mau momento individual porque joguei pouco, mas me apoiaram”, declarou, após derrotar a Holanda por 1 a 0 e conquistar a primeira Copa do Mundo da Espanha.

“Esperamos voltar dentro de dois anos” na Eurocopa, acrescentou o jogador do Arsenal, que substituiu Xabi Alonso a quatro minutos do fim do tempo regulamentar.

Foto por: Jewel Samad

“É um momento histórico”, afirmou neste domingo o volante espanhol Cesc Fábregas, após conquistar a Copa do Mundo contra a Holanda e ter dado o passe para o gol de Andrés Iniesta, no segundo tempo da prorrogação.

“É um momento histórico. Penso em minha família que viajou até aqui. Tive um mau momento individual porque joguei pouco, mas me apoiaram”, declarou, após derrotar a Holanda por 1 a 0 e conquistar a primeira Copa do Mundo da Espanha.

“Esperamos voltar dentro de dois anos” na Eurocopa, acrescentou o jogador do Arsenal, que substituiu Xabi Alonso a quatro minutos do fim do tempo regulamentar.