O vice-presidente do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea), Anchieta Hélcias, afirmou que não é possível ter um apagão aéreo só por conta de falhas nos equipamentos. Ele e outros técnicos do sindicato se reúnem hoje com representantes do setor aéreo na Câmara dos Deputados, em Brasília. As informações são da Rádio Jovem Pan.

Ontem, o Cindacta 1, de Brasília, informou que as suspensões de vôos eram decorrentes de uma falha nos equipamentos que fazem a comunicação entre os aviões e os controladores de vôo. Segundo o coronel Carlos Aquino, não havia ainda explicação para a falha, mas todos os equipamentos de freqüência do Cindacta 1 eram novos.

Salvador

Apesar das grandes filas nos balcões de check-in e da concentração de pessoas no saguão, a Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero) considera "tranqüila" a situação no Aeroporto Internacional de Salvador. Entre a madrugada e o fim da manhã de hoje, houve nove cancelamentos de vôos e dez atrasos de mais de uma hora. O caso mais grave é do vôo da Gol com destino a São Paulo, previsto para as 23h30 de ontem e remarcado, para 14h30 de hoje.