As oitenta famílias que haviam ocupado uma área da fazenda Alvorada, em 5 de abril, no município de Lindoeste, a 45 quilômetros de Cascavel, Sudoeste do Paraná, deixaram o local por volta das 23h de terça-feira. A saída das famílias, formadas por dissidentes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e pessoas da região foi negociada pela Comissão Especial de Mediação das Questões da Terra do governo do Paraná. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)