A cratera aberta na Rua João Dembinski, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC) no dia 30 de janeiro, finalmente foi fechada e a rua agora recuperada, foi liberada para motoristas, pedestres e moradores do bairro. Depois de mais de três meses de transtornos, principalmente no trânsito e de atrasos nas obras por conta das chuvas, a liberação do trecho bloqueado entre as ruas Clemente Ritz e Rio do Sul aconteceu na última quarta-feira (16).

 

Nesta quinta-feira (17) o prefeito Rafael Greca (PMN) esteve no local, acompanhado do vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, Eduardo Pimentel (PSDB) e disse que depois da conclusão da contenção, da recuperação do talude (terreno inclinado junto à pista) e da recomposição da pista, mais melhorias devem ser feitas na região onde houve a erosão.

“Agora vamos plantar árvores no talude com as crianças das escolas vizinhas, vamos reafirmar que, mesmo com todas as dificuldades, Curitiba segue em frente”, afirmou Greca.

Sem lixo e sujeira

Após as obras realizadas em parceia com a Sanepar, que renovaram o o pavimento da rua, a calçada, ciclofaixa e o talude, de acordo com o administrador regional da CIC, Raphael Kenji, a recuperação ambiental do bosque ainda terá a parceria do Exército.

E para impedir que lixo, resíduos de construção civil e outros objetos sejam jogados no aterro recém-recuperado, uma tela de proteção foi instalada no local pela prefeitura.

Queijos, doce de leite e outros produtos roubados são apreendidos em mercado de Curitiba