A Prefeitura de Curitiba abre nesta sexta-feira (23) a Feira da Primavera, que vai acontecer nas praças Osório, Generoso Marques e Tiradentes. A realização é do Instituto Municipal de Turismo. Até o dia 12 de outubro, 213 artesãos estarão nesses locais, expondo e comercializando seus produtos.

A Feira da Primavera vai funcionar de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 14h às 20h. A Praça Osório, que abrigará o maior número de feirantes, promoverá aos domingos um dia festivo, a Grande Festa do Açaí, em homenagem ao estado do Amazonas.

Quem visitar a feira poderá conhecer o artesanato produzido pelos artesãos curitibanos, como Marli Custódio Berutti Vieira, que faz bonecas de pano. Participando pela quarta vez da Feira da Primavera, Marli está otimista. "As feiras de época são as melhores, já que o número de visitantes aumenta e, conseqüentemente, as vendas também", diz. Segundo Marli, as feiras de Natal e da Primavera são as mais lucrativas para os artesãos.

"A Feira da Primavera é mais uma oportunidade para que os artesãos e feirantes de Curitiba possam comercializar seus produtos ajudando a aumentar a renda da família", diz Luiz de Carvalho, presidente do instituto de Turismo.

Desenvolvendo um novo projeto para as feiras de artesanato, o Instituto formou uma nova comissão para a escolha dos artesãos que vão trabalhar na Feira da Primavera. Além de representantes do instituto e das feiras, como já acontecia, a comissão contou ainda com a participação de uma artista plástica.

Carvalho explica que a idéia é fazer com que haja uma rotatividade dos integrantes na comissão de avaliação, fazendo com que a cada seleção exista um "novo olhar" sobre os produtos a serem comercializados.