Nos primeiros cinco dias da realização da Feira de Serviços que acontece durante a Operação Viva o Verão, no litoral, a assiduidade de público superou as expectativas da Secretaria Especial de Relações com a Comunidade, organizadora do evento. Mesmo com as chuvas dos últimos dias, a população foi até a praia central de Guaratuba. Entre informações, serviços e distribuição de material educativo, foram mais de 120 mil atendimentos, o que significa uma média de quase 25 mil por dia. A feira começou na última quarta-feira (03) e vai até 13 de fevereiro, atendendo todos os dias das 14h às 21h.

Segundo um dos coordenadores, Marcírio Machado Sobrinho, os números são acima do esperado. ?Pela primeira vez realizamos esse tipo de evento na região e os resultados desses primeiros dias indicam que a feira veio para ficar?, comentou. Os veranistas podem ter acesso a todos os serviços que estão na esfera de atuação do governo, como segunda via da conta de água, luz e documentação pessoal. O visitante pode também realizar exames gratuitos, como medir a pressão arterial, saber a quantidade de glicose no sangue e fazer exame parcial de urina.

Feira de Sabores

Entre os vários estandes, um dos mais concorridos é o da Feira de Sabores. Nele, o veranista tem acesso a diversos produtos do agronegócio. A população pode adquirir desde queijos até compotas produzidas em várias regiões do Estado. ?Já comprei alguns produtos na abertura da feira e vou comprar mais. O preço é bem acessível?, avalia a estudante Regiane Renata Sampaio, 26 anos. A feira também ajuda a gerar renda para os produtores.

No estande da Emater, a atenção está voltada para o consumo de ostra. No local, há um tanque em que público presencia o processo de depuração e recebe informações de como consumir a ostra e, principalmente, saber se ela está ou não própria para consumo. Além de serviços e alimentação, a feira também proporciona acesso à internet, jogos e oficinas de culinária, tear e artesanato.