A primeira edição da FTL Mercosul , Feira de Transporte Intermodal e Logística, promovida pela pernambucana Meira Ramos, será realizada de 24 a 27 de outubro na ExpoTrade Convention & Exhibition Center, em Curitiba, cidade com um dos melhores endereços para o crescimento econômico. A feira bi-anual tem como principal propósito abrir novos canais de troca de informação e experiências, trazendo para o empresariado do Sul do Brasil e dos Países do Mercosul os últimos lançamentos, novas tecnologias e as melhores alternativas a fim de aumentar a força das atividades logísticas da região. O evento também conta com uma mostra de equipamentos, produtos e serviços voltados para a área, além de oferecer uma diversificada programação científica com palestras, workshops e seminários.

Nas edições anteriores, tanto a FTL Brasil, realizada em Recife, capital de Pernambuco, quanto a Transportar, realizada em Curitiba, capital do Paraná, se destacaram como eventos de sucesso, com participação atuante de empresas expositoras e de público qualificado. Essa união fez surgir a partir de agora um novo evento no Paraná ainda mais forte, comprometido com as necessidades dos segmentos do transporte intermodal e da logística para as regiões Sul, Sudeste e dos Países pertencentes ao bloco do Mercosul.

Serão quatro dias de evento, com expectativa de atrair mais de 15.000 visitantes compradores interessados principalmente em conhecer novas tecnologias e soluções que busquem a excelência da atividade. A presença de todos os modais (rodoviário, aeroviário, aquaviário e ferroviário) já presente na edição nordestina da feira elevará o padrão da versão paranaense duplicando sua área de exposição já nesta edição. A FTL Mercosul espera receber mais de 150 expositores em uma área de 11.000 metros quadrados de exposição, proporcionando o ambiente ideal para o intercâmbio de novos contatos e a concretização de bons negócios, consolidando definitivamente como a segunda mais importante Feira do segmento voltada para região do Sul do Brasil.

A logística em números

A grande movimentação das exportações de produtos agrícolas e a nova onda de investimentos no setor de transportes causaram o boom de crescimento na logística, a partir do ano de 2004, fazendo com que o setor faturasse aproximadamente R$ 290 bilhões, o que equivale 15% do Produto Interno Bruto (PIB). O montante movimentado pelo setor, que conseguiu ultrapassar o desempenho de setores tradicionais da economia nacional, como a cadeia automotiva responsável por 4% do PIB, inclui todas as atividades relacionadas à logística, desde os serviços básicos de movimentação de carga até a comercialização de veículos pesados e equipamentos envolvidos no processo.

As ferrovias, rodovias, aeroportos, portos e alta das exportações de commodities, como algodão, café e soja foram os principais responsáveis pela movimentação recorde do setor. Para 2006 a previsão é atingir um crescimento de 12% ao final do ano, ultrapassando a quantia de 300 bilhões de reais.