Carl de Souza/AFP

Jogadores da Holanda, como Dirk Kuyt e Robin van Persie, demonstraram nesta sexta-feira sua satisfação, após a vitória sobre o Brasil (2-1) pelas quartas de final da Copa do Mundo, lembrando que estão em plena luta pelo título. “Esta equipe ainda pode melhorar. Sei que podemos fazer melhor, ir mais longe (que as semifinais)”, disse Kuyt, atacante do Liverpool, após a vitória sobre a seleção brasileira. “Existe uma solidariedade excepcional entre os jogadores. É a grande força desta equipe, além do talento que tem”, acrescentou, confiante nas chances de seu time, assim como o também atacante da Holanda Robin van Persie. “Agora vamos festejar isto. Mas não muito, a partir de amanhã teremos outras coisas na cabeça: o título de campeões do mundo”, afirmou Van Persie, que se referiu à vitória sobre o Brasil como “um êxito coletivo” que o fazia “muito feliz”. “Começamos muito mal a partida, mas continuamos acreditando em um resultado positivo. Depois de nosso segundo gol (obra de Wesley Sneijder), sentimos que os brasileiros estavam mortos, que já não acreditavam. Tivemos inclusive chances para o 3-1 e 4-1”, afirmou Van Persie.