O delegado de segurança da Fórmula 1, Charlie Whiting, chegou ontem a São Paulo e hoje inspeciona Interlagos. Ontem, o movimento foi intenso no autódromo. Mas apesar de todas as equipes já trabalharem na montagem de seus boxes, ninguém começou ainda a mexer nos carros.

O GP do Brasil começa oficialmente amanhã, com a inspeção técnica dos carros, enquanto os treinos livres têm início sexta-feira, às 11 horas.

Ontem, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) realizava a pintura das sinalizações de solo no asfalto, como as demarcações no grid e as faixas interna e externa do traçado.

Para aparar a grama na porção interna da curva da Junção, a Prefeitura, responsável pelo autódromo, escalou uma multidão de trabalhadores. Também era grande o número de funcionários dedicando-se, de noite já, a fechar a cobertura da arquibancada localizada em frente aos boxes.