Hoang Dinh Nam/AFP

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou nesta terça-feira que a autoridade máxima do futebol mundial revelará em “outubro ou novembro um plano para levar a arbitragem ao mais alto nível”. “Queremos melhorar a arbitragem das partidas”, garantiu, em entrevista coletiva. Esse anúncio acontece logo depois de dois erros graves de arbitragem na Copa. Os ingleses se revoltaram por o uruguaio Jorge Larrionda não ter validado um gol de Frank Lampard que de fato entrou no gol alemão e deixaria o jogo em 2-2. Poucas horas depois, a Argentina marcou o primeiro dos três gols sobre o México em uma jogada em que Carlos Tévez estava claramente impedido. Blatter afirmou que uso de tecnologia pelos árbitros, em princípio exclusivamente em gols fantasma, será analisado pela federação em uma reunião em Cardiff nos dias 21 e 22 de julho.