A idéia de Romário de conseguir chegar aos mil gols na carreira pelo Vasco, ainda no primeiro semestre deste ano, foi por água abaixo.

Hoje, a Fifa decidiu que o jogador não pode ser registrado pelo clube carioca, já que considera que o atacante realizou duas transferências internacionais – Vasco para o Miami FC (Estados Unidos) e do Miami FC para o Adelaide United (Austrália) – em menos de um ano.

Assim, Romário só poderá jogar oficialmente pelo Vasco a partir de julho e está fora da disputa do Estadual do Rio, da Copa do Brasil e das primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. As informações foram divulgadas pelo jornal carioca O Dia.

O advogado do Vasco, Marco Motta, que cuida do caso na Fifa, ainda tentará um recurso para reverter a situação, que é muito complicada. A entidade entendeu que a liga norte-americana de futebol, da qual o Miami FC participa (uma espécie de Segunda Divisão do país), é oficial, o que derruba o principal argumento do clube carioca para contratar Romário.

Com a decisão da Fifa, o milésimo gol do atacante fica mais distante – segundo as contas do jogador, faltam apenas 13 gols para a marca. Caso o recurso do Vasco não seja aceito, uma idéia da diretoria é marcar amistosos para que Romário consiga a sua meta. Sem a presença do veterano jogador, o técnico Renato Gaúcho escalará Leandro Amaral e André Dias como a dupla de ataque titular.