A Fifa decidirá no dia 16 de março se aceita o pedido feito pelos técnicos que participarão da Copa do Mundo para que a data de entrega da lista dos 23 inscritos seja adiada de 15 de maio para 1º de junho – a partida de abertura do Mundial da Alemanha será em 9 de junho.

"Recebemos o pedido oficial por escrito e vamos pensar no que fazer. Entendo a posição dos treinadores", disse o sueco Lennart Johanson, que é presidente da Uefa (União Européia de Associações de Futebol) e um dos vice-presidentes da Fifa.

Os treinadores argumentam que o adiamento não causará nenhum prejuízo para a competição e lhes dará mais tempo para escolher os 23 jogadores que disputarão a Copa.