Taguatinga (AE) – No duelo dos desesperados, o Figueirense bateu o Brasiliense por 2 a 0, neste domingo, no Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga, e mandou o time do Centro-Oeste de volta à Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols de Edmundo e Carlos Alberto garantiram os catarinenses na Primeira Divisão.

O Brasiliense surpreendeu pela falta de disposição para vencer e pela ausência de boa parte de sua torcida, que não empurrou o time na partida de despedida em casa. Quem se deu bem foi Edmundo, que deu o ritmo do show.

Mesmo marcado implacavelmente pelo zagueiro André Turatto e o volante Salvino, Edmundo fez com que o Figueirense dominasse o primeiro tempo. Aos 43 minutos, cobrando falta, ele acertou o ângulo de Eduardo para fazer 1a 0 e o seu 15º gol no Brasileirão.

No segundo tempo, o Brasiliense voltou a mostrar desentrosamento e nervosismo em campo. E a chuva ainda ajudou a tornar o jogo um pesadelo para o time. Com o campo pesado, o time do ex-senador Luiz Estevão ainda viu suas estrelas Vampeta e Marcelinho Carioca serem substituídos no começo da etapa final. Sobrou para o esforçado Iranildo, de 29 anos, tentar as melhores jogadas em busca do gol.

Mas, nos acréscimos, Carlos Alberto definiu o placar, salvou a pele de seu time e acabou de vez com as esperanças dos candangos.


Ficha Técnica:

Brasiliense 0 x 2 Figueirense

Gols: Edmundo, aos 43 minutos do primeiro tempo; Carlos Alberto aos 46 minutos do segundo tempo.

Brasiliense: Eduardo, Dida (Simão), Dema, André Turatto e Cássio; Salvino, Pituca, Vampeta (Reinaldo Aleluia) e Iranildo; Marcelinho Carioca (Dill) e Igor. Técnico: Márcio Bittencourt.

Figueirense: Gustavo, Paulo Sérgio, Bebeto, Cléber e Michel Bastos (Moreira); Rodrigo Souto, Carlos Alberto, Marquinhos Paraná e Bilu (Márcio Martins); Edmundo e Adriano (Alessandro). Técnico: Adilson Batista.