Brasília – Filosofia e Sociologia serão disciplinas obrigatórias nas escolas de Ensino Médio. O Conselho Nacional de Educação (CNE) tornou obrigatória a prática, na última sexta-feira (7). A medida aguarda homologação do ministro da Educação, Fernando Haddad.

De acordo com o MEC, as duas matérias já eram oferecidas em 17 estados. O relator da proposta, conselheiro César Callegari, considera que a  decisão vai estimular os estudantes a desenvolverem seu espírito crítico. ?Isso significa uma aposta para que os alunos possam ter discernimento quando tomam decisões e que sejam tolerantes porque compreendem a origem das diversidades?, declarou à assessoria do ministério.

Já o do titular da Secretaria de Educação Básica do MEC, Francisco das Chagas, acredita que a medida vai colaborar para aumentar o número de vagas nas escolas paras profissionais de filosofia e sociologia. Segundo o documento aprovado, os estados terão um ano para incluir a filosofia e a sociologia na grade curricular do ensino médio.