O Conselho Nacional de Educação aprovou ontem a obrigatoriedade das disciplinas de filosofia e sociologia no ensino médio de escolas públicas e particulares. O parecer segue para homologação do ministro da Educação. As redes terão até um ano depois da publicação da resolução para ainda fixar medidas da inclusão de filosofia e sociologia no currículo.