Rio de Janeiro (AE) – O Guarani se complicou mais ainda no Campeomato Braileiro, ao perder para o Flamengo por 1 a 0, neste sábado, no Maracanã. A equipe de Campinas continua na 23ª posição, com 39 pontos, e está cada vez mais próxima do rebaixamento.

Já o Flamengo, depois de uma semana conturbada, com a saída do técnico Ricardo Gomes, conseguiu melhorar um pouco a sua situação. Passou a ter 45 pontos, mas ainda sofre ameaça de cair para a Série B.

O jogo foi equilibrado e muito movimentado, com várias oportunidades de gol disperdiçadas pelos dois times. O Flamengo começou pressionando e, em 12 minutos, criou três situações de perigo. O goleiro Jean já se destacava, mas não pode deter a cobrança de falta de Júnior Baiano, que fez 1 a 0 aos 15.

Com o gol, a equipe carioca passou a ter o domínio da partida. O Guarani acusou o golpe e por pouco não levou o segundo gol logo a seguir.

Aos poucos, no entanto, o time de Campinas voltou a se organizar em campo e deu trabalho para o goleiro Júlio César. Ele também levou sorte em alguns lances, devido à péssima pontaria de Sandro Hiroshi. O atacante foi uma peça nula no Guarani e jogou fora por pelo menos duas vezes a possibilidade real de empate.

O Guarani, nos minutos finais da partida, pressionou bastante, mas o nervosismo e a ânsia de buscar o empate atrapalharam as conclusões dos lances. O Flamengo fez cera, principalmente depois da expulsão de Felipe, que reclamou seguidamente com o árbitro.

A destacar, no Maracanã, o apôio da torcida do Flamengo. Ela esteve em número reduzido no estádio, mas não deixou de cantar o hino do clube um minuto sequer.