Brasília – O presidente em exercício do PTB, Flávio Martinez, vai se reunir amanhã (20) com o presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PTB-SP), para conversar sobre o parecer da Consultoria Legislativa contrário à retirada de processos contra parlamentares instaurados no Conselho.

Izar acertou o encontro na tarde de hoje (19) e disse esperar que a decisão do partido, do qual também faz parte, leve em conta o parecer da consultoria. "O processo não é de interesse só do PTB, é de interesse de todos os deputados, de todos os partidos e da própria sociedade", defendeu o presidente do Conselho de Ética.

Também amanhã, o parecer da consultoria será discutido e votado pelos 15 membros do Conselho. Izar disse considerar remota a possiblidade de rejeição do parecer pelos integrantes do órgão. Ele lembrou que outro processo contra os deputados José Dirceu (PT-SP) e Sandro Mabel (PL-GO) já tramita na Corregedoria da Câmara e em breve será remetido ao Conselho de Ética. "Seria uma pena você perder muitos dias de trabalho. No processo do deputado José Dirceu já ouvimos cinco testemunhas. Estamos na fase final desses processos", acrescentou.

O líder do PFL, Rodrigo Maia (RJ), reagiu à intenção do PTB de pedir a retirada das representações no Conselho de Ética, classificando a iniciativa como "inócua". De acordo com ele, o PFL não vai fazer acordo para salvar nem cassar ninguém. "Vamos aguardar a decisão do Conselho. Enquanto isso, faremos uma análise da questão dentro do partido e entre as lideranças, para discutir qual posição tomar diante do caso", informou.