Foto por: Gabriel Bouys

O atacante Diego Forlán, autor de um gol na passagem do Uruguai às semifinais (4-2 por pênaltis depois de 1-1) contra Gana, e o holandês Wesley Sneijder, carrasco do Brasil (2-1) com uma cabeçada no duelo das quartas de final, estão a um gol dos artilheiros do Mundial.

Os atuais goleadores da Copa com quatro gols são o argentino Gonzalo Higuaín, o espanhol David Villa e o eslovaco Robert Vittek, que já não pode marcar porque a Eslováquia foi eliminada do torneio.

Forlán, que marcou 3 gols no total, deu esperança nesta sexta-feira à celeste ao marcar um gol de falta (10 minutos do segundo tempo), um golaço com o qual os uruguaios igualaram a partida contra os ganenses e seguraram o jogo até os pênaltis, quando venceram por 4-2.

Sneijder, por sua vez, marcou o gol da vitória de 2-1 contra o Brasil, em Port Elizabeth, aumentando também sua soma para três gols e ficando em segundo lugar junto a outros seis jogadores.

— Tabela de goleadores:

4 gols: Higuaín (Argentina), Villa (Espanha), Vittek (Eslováquia)

3 gols: Donovan (EUA), Forlán (Uruguai), Gyan (Gana), Luis Fabiano (Brasil), Müller (Alemanha), Sneijder (Holanda), Suárez (Uruguai)

2 gols: Elano (Brasil), Eto’o (Camarões), Hernández (México), Holman (Austrália), Honda (Japão), Klose (Alemanha), Lee Chung-yong (Coreia do Sul), Lee Jung-soo (Coreia do Sul), Podolski (Alemanha), Robinho (Brasil), Tévez (Argentina), Tiago (Portugal), Uche (Nigéria)

1 gol: Alcaraz (Paraguai), Almeida (Portugal), Beausejour (Chile), Bendtner (Dinamarca), Birsa (Eslovênia), Blanco (México), KP Boateng (Gana), Bradley (EUA), Cacau (Alemanha), Cahill (Austrália), Cristiano Ronaldo (Portugal), De Rossi (Itália), Defoe (Inglaterra), Demichelis (Argentina), Dempsey (EUA), Di Natale (Itália), Drogba (Costa do Marfim), Endo (Japão), Fernandes (Suíça), Gerrard (Inglaterra), González (Chile), Heinze (Argentina), Huntelaar (Holanda), Iaquinta (Itália), Iniesta (Espanha), Ji Yun-nam (Coreia do Norte), Jovanovic (Sérvia), Juan (Brasil), Kalou (Costa do Marfim), Khumalo (África do Sul), Kopúnek (Eslováquia), Koren (Eslovênia), Kuyt (Holanda), Liedson (Portugal), Ljubijankic (Eslovênia), Maicon (Brasil), Malouda (França), Márquez (México), Millar (Chile), Mphela (África do Sul), Muntari (Gana), Okazaki (Japão), Ozil (Alemanha), Palermo (Argentina), Pantelic (Sérvia), Park Chu-young (Coreia do Sul), Park Ji-sung (Coreia do Sul), A. Pereira (Uruguai), Quagliarella (Itália), Raul Meireles (Portugal), Reid (Nova Zelândia), Riveros (Paraguai), Robben (Holanda), Romaric (Costa do Marfim), Rommedahl (Dinamarca), Salpingidis (Grécia), Simao (Portugal), Smeltz (Nova Zelândia), Tomasson (Dinamarca), Torosidis (Grécia), Touré (Costa do Marfim), Tshabalala (África do Sul), Upson (Inglaterra), van Persie (Holanda), Vera (Paraguai), Yakubu (Nigéria).