Chuvas fortes e granizo atingiram várias regiões do Paraná hoje, de acordo com o Sistema Meteorológico do Estado (Simepar). A chuva mais forte foi registrada em Toledo, no oeste do Estado, onde cerca de 700 casas e oito escolas foram danificadas em razão das pedras de gelo que caíram por 10 minutos por volta de 2h30 da madrugada, prejudicando cerca de 2.800 pessoas. Um homem caiu de telhado ao tentar trocar telhas e está internado.

Em Ramilândia, na mesma região, uma mulher sofreu um ataque cardíaco e morreu quando era conduzida para o hospital. Nesse município, outras três pessoas ficaram levemente feridas. A chuva com ventania forte danificou 55 casas e cinco prédios entre públicos e particulares. Em Céu Azul, dois bairros foram mais afetados, deixando cinco famílias desabrigadas. A tempestade danificou casas, barracões e um ginásio de esportes.

Também foram comunicados à Defesa Civil problemas menores em Matelândia, Dois Vizinhos, Vera Cruz do Oeste e Palotina.

Os técnicos da Companhia Paranaense de Energia (Copel) também foram chamados, em razão da queda de oito postes ao longo da BR-467, atingidos por ventos de até 90 quilômetros por hora. Hoje estavam sendo restabelecidas as ligações nas áreas urbanas, ficando para amanhã cerca de 100 ocorrências na área rural, onde há mais dificuldade de acesso.

Segundo o Simepar, as tempestades atingiram várias regiões, em razão de uma frente fria que avançou pelo Paraná. O encontro do sistema frontal com uma massa de ar quente e bastante úmida provocou a chuva. Para os próximos dias não está descartada a ocorrência de novas ventanias e quedas de granizo.