Funcionários da Fundação para o Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Cultura da UFPR (Funpar), em atividade no Hospital de Clínicas de Curitiba (HC), estão irredutíveis. Em assembléia realizada hoje, eles confirmaram que vão entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira. A instituição também nomeou várias comissões de mobilização para agir durante a paralisação.
As principais reivindicações dos trabalhadores são: recomposição salarial de 18,75% (que corresponde a 100% do INPC de 2002), reajuste no vale alimentação de 26% (variação do INPC em 2002), pagamento de hora-extra em 100% e manutenção da carga horária de 30 horas semanais de trabalho. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)