Goiânia (AE) – O Goiás venceu o Atlético-MG por 1 a 0, neste sábado, no estádio Serra Dourada, com um gol de Rodrigo Tabata aos 48 minutos do segundo tempo. Com a vitória, o time goiano chegou aos 65 pontos no Campeonato Brasileiro, enquanto os mineiros seguem com 43, seriamente ameaçados pelo rebaixamento.

O jogo começou tenso, com o Atlético recuado e preocupado em apenas não tomar gol. Mais ofensivo, o Goiás teve trabalho para furar o bloqueio defensivo do adversário, mas teve algumas chances – o goleiro Danrlei esteve bem e evitou todas elas.

O panorama não mudou no segundo tempo. Mas o Atlético, mesmo preocupado só em se defender, chegou a levar perigo ao adversário. Tanto que, Márcio Araújo, aos 35 minutos, desperdiçou excelente oportunidade de gol.

No final, o Goiás chegou à vitória graças ao gol de Rodrigo Tabata, que chutou no canto de Danrlei e fez 1 a 0 aos 48 minutos.

Revoltado com arbitragem, o goleiro Danrlei reclamou no final do jogo e acabou se envolvendo em confusão com os policiais. E o técnico Mário Sérgio, já no vestiário, admitiu que será difícil livrar o Atlético do rebaixamento. “É quase impossível fazer alguma coisa. É o maior desafio da minha carreira. Tenho pouco tempo, mas vamos tentar.”

Gol: Rodrigo Tabata, aos 48 minutos do segundo tempo.

Goiás: Harlei; André Dias, Renato, Asprilla e Leandro Smith (Jorge Mutt); Paulo Baier, Simão, Tiago (Somália) e Rodrigo Tabata; Alex Dias (Fábio) e Leandro. Técnico: Celso Roth.

AtléticoMG: Danrlei, Adriano, Tiago Júnior, Wagner (Alessandro) e Rubens Cardoso; André Luis, Emerson Camargo, Zé Antonio (Márcio Araújo) e Renato; Rodrigo Fabri (Tucho) e Alex Mineiro. Técnico: Mário Sérgio.

Juiz: Antonio Hora Filho (SE).

Cartão amarelo: André Dias, Tiago Júnior, Márcio Araújo.

Renda: R$ 86.047,00

Público: 6.080 pagantes.

Local: Serra Dourada, em Goiânia.