Um adolescente que muitos acreditam seja Buda reencarnado reapareceu ontem numa floresta no sul do Nepal depois de ficar desaparecido por meses, disseram autoridades.

Ram Bahadur Banjan, 15 anos, tinha sido visto pela última vez em 11 de março numa floresta onde meditou por 10 meses, supostamente sem água e sem alimentos. Milhares de hindus e budistas iam ao local diariamente para vê-lo.

Banjan havia sumido inexplicavelmente do seu local de meditação, em meio às raízes de uma árvore onde ele permanecia com as pernas cruzadas, sem se mover e com os olhos fechados, em Bara, cerca de 160 km ao sul da capital Katmandu.

O menino foi avistado por pastores de gado na floresta no domingo e uma equipe da polícia foi averiguar ontem, informou uma autoridade administrativa local, Harihar Dahal.

Muitos seguidores acreditam que Banjan seja a reencarnação de Siddhartha Gautama, nascido não longe da floresta, no sudoeste do Nepal, fronteira com a Índia, por volta de 500 A.C., e que veio a se tornar o reverenciado Buda. Monges budistas que visitaram o garoto disseram que ele não é a reencarnação de Buda mas admitiram que o menino estava meditando havia meses.