Arqueólogos encontraram recentemente no sítio arqueológico de Sacara, próximo a cidade de Cairo, capital do Egito, dezenas de gatos mumificados. Acostumados a encontrar múmias humanas, os pesquisadores ficaram surpresos com o achado. Os corpos mumificados dos bichanos têm aproximadamente 6 mil anos segundo estudos preliminares.

Reprodução / Twitter
Reprodução / Twitter

Em um comunicado divulgado pelo Ministério das Antiguidades do Egito, que também publicou fotos das múmias felinas em seu perfil no Twitter, foram encontrados diferentes exemplares de gatos mumificados em ao menos três tumbas. As buscas que culminaram com o achado revelaram anteriormente que na região foram localizados sete sarcófagos com portas fechadas e intactas.

Também foram encontradas estátuas de madeira que homenageavam os gatos. No Egito eles eram reverenciados como criaturas sagradas em templos e casas da região. Uma das deusas mais retratadas da época era Bastet, protetora das mulheres e fertilidade, tinha corpo de mulher e cabeça de gato.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Também foram localizados, segundo o site da revista Galileu, tumbas com escaravelhos que foram embalsamados. Eles estavam em pequenas urnas. O achado também surpreendeu os especialistas locais, que jamais haviam encontrado os insetos mumificados na região.