O presidente nacional do PT, José Genoino, disse hoje, em Araraquara, no interior de São Paulo que as declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a campanha eleitoral na capital paulista “são uma decisão dele”.

“Qualquer posição que o Lula tome é pessoal e eu não vou opinar”, afirmou, ao desembarcar na cidade, onde faz campanha para o prefeito Edinho Silva (PT), candidato da Frente Popular de Araraquara (PT-PSB-PC do B-PPS-PV-PL) à reeleição.

Genoino disse que “o presidente é um cidadão e tem autonomia e liberdade para fazer as suas declarações”. Um pouco antes, em São Carlos (SP), o presidente nacional do PT defendeu a participação de Lula em gravação na publicidade eleitoral gratuita em que declara apoio à prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), candidata à reeleição.

“Ele mora no Estado de São Paulo e todo o mundo sabe o apreço e a admiração que o Lula tem pela Marta. Os adversários não deveriam reclamar porque falaram que, no começo (da campanha), queriam federalizar e queriam botar o Lula na campanha para derrotar o PT. Agora, estão fugindo deste tema”, disse. “Ele (Lula) fez a gravação por decisão própria”, concluiu.