Os segredos e curiosidades da diversificada formação geológica do litoral paranaense estão sendo revelados em painéis explicativos instalados por meio do projeto Patrimônio Geológico e Geoturístico no Paraná.

Financiado e realizado pela Minerais do Paraná S.A – Mineropar, empresa vinculada à Secretaria de Estado da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, o projeto investe na idéia de que o conhecimento sobre a formação de uma paisagem geológica promove a sua própria preservação.

Os painéis, já alocados em Matinhos, Caiobá, Guaratuba, Ilha do Mel, Ipanema, Pontal do Sul, Paranaguá, Morretes e Estrada da Graciosa, tratam das peculiaridades locais de interesse geológico paranaense, aguçando o conhecimento geológico de veranistas e turistas de todas as localidades do País.

?O projeto, uma via de mão dupla que leva a geologia ao turismo e o turismo à geologia, tem como objetivo difundir o conhecimento geológico do Paraná, promovendo a valorização e conservação do seu patrimônio?, explica Gil Piekarz, geólogo da Mineropar e coordenador do projeto.

Os temas abordados nos painéis abrangem desde a formação de rochas e minerais até a inserção da geologia do Paraná em âmbito nacional. Os textos, em linguagem bastante acessível, estão disponíveis em português e inglês.

?Nosso planeta levou bilhões de anos para formar rochas, minerais, montanhas e oceanos. Para nós, mais do que pesquisar a constituição desses eventos é repassar esse conhecimento ao público. Acreditamos que se uma pessoa conhecer um pouco mais da geologia local, ela vai pensar duas vezes antes de degradá-la. Temos certeza que vamos gerar o sentimento e o dever da preservação ambiental?, analisa Piekarz.

Com o apoio do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Secretaria do Estado da Cultura (Seec), Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Secretaria do Estado do Turismo (Paraná Turismo), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e Ecoparaná, a Mineropar já instalou, ao todo, 26 painéis geológicos, incluindo também as regiões de Foz do Iguaçu, Palmeira e Ponta Grossa (Colônia Witmarsum e Vila Velha).

?Em 2005 iniciamos um extenso trabalho de pesquisa geológica envolvendo todos os municípios da Rota dos Tropeiros. A previsão é de que até 2007 estas localidades também estarão devidamente sinalizadas com painéis indicando suas principais formações geológicas?, adianta Piekarz.

Ainda, segundo o geólogo, o projeto Patrimônio Geológico e Geoturístico no Paraná pretende incluir novas ações para alavancar o turismo geológico no Estado e gerar emprego e renda nas regiões contempladas. ?Além dos painés, a Mineropar está elaborando o Guia Geoturístico da Rota dos Tropeiros e materiais de apoio como mapas e roteiros geoturísticos. O turismo geológico é relativamente novo no Estado, por isso estão previstos treinamentos realizados por profissionais da própria Mineropar aos condutores turísticos que atuam nas regiões contempladas?.