O governador Roberto Requião autorizou a abertura do processo licitatório para a execução e fornecimento de peças pré-moldadas em concreto que serão utilizadas na construção de 50 celas modulares de emergência a serem instaladas em diversas delegacias do Paraná.

“Estas celas serão utilizadas paralelamente à reforma das delegacias. Elas são desmontáveis e servirão de suporte durante a execução das obras”, explica o secretário de Obras Públicas, Luiz Caron. O processo licitatório deverá estar concluído em até 40 dias, quando já haverá a fabricação das celas.

O preço máximo neste processo de licitação é de R$ 1,1 milhão. As celas modulares são à prova de fugas, construídas com concreto especial, revestida de uma estrutura metálica e cada uma tem capacidade para até seis detentos.

Ahú

O governador também assinou decreto que cria a Comissão Especial para a elaboração de estudos necessários à implantação e funcionamento do Centro Judiciário do Ahú, em Curitiba.

O grupo será presidida pelo secretário Luiz Caron e contará com mais seis integrantes. Outros cinco membros ficam como observadores, acompanhando os trabalhos da comissão.

Ainda de acordo com Caron, a primeira etapa de atuação da comissão terá como meta identificar e definir o plano que vai avaliar a área necessária para a instalação das várias unidades do Poder Judiciário no Ahú.