Os governadores reunidos em Brasília definirão hoje pontos de uma pauta a ser encaminhada ao governo federal, que será detalhada por uma comissão. A informação é do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que deixou há pouco o Hotel Blue Tree Park, onde acontece o encontro. “O que deve sair hoje são alguns pontos de uma pauta. Eu não diria que vão sair questões pontuais muito detalhadas. Isso deve ser objeto de outras reuniões. Deve sair a constituição de uma comissão de governadores que vai detalhar essas posições a serem definidas neste encontro”, informou Perillo.

Segundo o governador goiano, é unanimidade entre os governadores a cobrança do cumprimento dos acordos feitos no ano passado, que levaram os governadores a apoiarem as reformas tributária e da Previdencia Social no Congresso Nacional. Entre as promesas está o repasse de R$ 8,5 bilhões referentes ao Fundo de Compensação das Exportações. Esses recursos serão destinados aos estados que perderam dinheiro com a desoneração das exportações.

Perillo também defendeu medidas que compensem estados e munícipios pelas perdas de arrecadação de tributos ocorridas nos últimos anos. Lembrou que em 1985, 80% dos impostos eram compartilhados entre União, estados e municípios. Em 2001 esse percentual caiu para 40%.