A liderança do PT decidiu aguardar a reunião do PTB para discutir estratégias
sobre a criação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) destinada a
apurar denúncias de corrupção nos Correios. O PTB tem um encontro marcado para a
tarde de hoje (24), e a liderança do PT deve se reunir novamente no início da
noite.

"Ainda não tem nada decidido, queremos tomar uma posição conjunta,
de bancada, por isso vamos aguardar a reunião", disse o líder governista no
Senado, senador Delcídio Amaral (PT-MS).

A oposição, até o início da
noite de ontem, ampliava o número de assinaturas favoráveis. Os líderes da
oposição protocolaram na Mesa do Congresso mais 25 assinaturas, de 24 deputados
e um senador. Ao todo, estão protocoladas 242 assinaturas de deputados e 50 de
senadores. Para a criação da comissão são necessárias as assinaturas de 171
deputados e 27 senadores.