O governo do Paraná realiza nesta sexta-feira o leilão de 316 veículos ? 187 deles em condições de rodar e o restante sucata, para aproveitamento de peças. O evento começa às 13 horas, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), que fica na Avenida Victor Ferreira do Amaral, 771, no Tarumã, em Curitiba.

Serão vendidos automóveis, caminhões, ônibus, motocicletas, tratores e empilhadeiras. Parte deles são veículos que ainda podem circular, mas que pela idade ou pela conservação não compensam mais serem mantidos pelo Governo. Outra parcela é formada de unidades danificadas, cujas peças, porém, estão em condições de utilização.

Arrecadação

 Departamento de Transporte Oficial (Deto), vinculado à Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap) e responsável pelo gerenciamento da frota do Poder Executivo paranaense, espera arrecadar no leilão de R$ 500 mil a R$ 550 mil. Fatia disso vai para o Fundo de Modernização da Polícia Militar (FUMPM) e para o Fundo Especial de Reequipamento da Polícia Civil (Funrespol); outra parte será aplicada na compra de carros novos para o Estado.

Filosofia

A realização de leilões de veículos velhos faz parte do processo de implementação de uma nova política de administração da frota oficial. Essa nova filosofia consiste em optar por manter veículos próprios (e não alugados) e busca deixar os carros rodando por no máximo dois anos após a data de fabricação ? quando costuma vencer a garantia dada pelas montadoras.

Com o dinheiro arrecadado em leilões, o governo vai comprando carros que substituem aqueles que são locados. Desde o ano passado, a Seap já leiloou 698 unidades, e obteve uma renda de R$ 1,8 milhão. Com frota nova e própria, espera-se uma redução de até um terço com despesas com manutenção.

Serviço:

Informações com a leiloeira responsável (Sandra de Lemos Torres), pelo telefone (41) 352-3311, ou no site www.casadosleiloes.com
. O edital está na página do Deto na internet: www.pr.gov.br/deto.