O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o secretário de Fazenda, Joaquim Levy, ainda não garantiram o pagamento em dia dos funcionários públicos estaduais, que começa hoje e vai até quarta-feira. Indagado pela Agência Estado se haveria recursos suficientes em caixa, Cabral limitou-se a responder: "pergunta para o secretário Levy. Ele está lá atrás". O secretário, por sua vez, não respondeu à pergunta. Disse apenas que estava indo para a secretaria de Fazenda.

Os dois participaram da solenidade de assinatura de convênios entre os governos do Estado e Município do Rio. Segundo avaliações feitas ainda ontem, o governo estadual tinha dinheiro apenas para pagar os salários dos servidores que recebem hoje e amanhã. Não havia certeza se haverá recursos para pagar quem recebe na quarta-feira, que são os funcionários que ganham mais de R$ 950 mensais e consomem mais de 80% da folha.