Em pronunciamento à nação, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que é obrigação do governo, da oposição, dos empresários, dos trabalhadores e de toda a sociedade não permitir que a crise política atinja a economia brasileira e a geração de empregos ou prejudique a continuidade dos programas sociais.

"Temos que arregaçar as mangas e redobrar esforços", disse Lula, ao pedir aos ministros que aumentem sua dedicação. "Vocês, ministros e ministras, trabalham até as nove da noite, trabalhem um pouco mais, até a meia-noite, uma hora da manhã, porque nós sabemos que muito já fizemos, mas muito mais temos que fazer porque o Brasil precisa de nós", afirmou o presidente.