O governo brasileiro envia amanhã (10) mais 28 toneladas de medicamentos e alimentos para o Haiti. O avião KC-137 da Força Aérea Brasileira (FAB) começa a ser carregado de manhã na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, e, em seguida, decola para a Base Aérea de Brasília, onde vai ser embarcada a outra parte da ajuda brasileira à população haitiana.

Até agora, o Brasil enviou ao Haiti cerca de 82 toneladas de remédios e alimentos, por via aérea, e 153 toneladas por navio.

A Assessoria de Imprensa do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República(GSI) informou que, além de medicamentos e alimentos, o avião transportará uma carga de suprimentos para a tropa brasileira que faz parte da missão de estabilização das Nações Unidas (ONU) no Haiti.

O comandante da missão de estabilização da ONU naquele país, general Augusto Heleno Ferreira, fez hoje, no Gabinete de Segurança Institucional, uma palestra para o Grupo Haiti, que articula as ações de apoio humanitário à população haitiana. Segundo a Assessoria de Imprensa do GSI, o general, que falou durante uma hora e meia, apresentou um quadro da situação no Haiti para membros do Gabinete de Segurança Institucional e representantes dos ministérios da Saúde e da Defesa e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).