O secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida, e o presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Rasca Rodrigues, lançaram nesta terça-feira (22) o Fórum Paranaense de Biodiversidade e Biosssegurança.

O fórum irá mobilizar a sociedade paranaense para discussões sobre conservação da diversidade biológica e também sobre organismos geneticamente modificados (transgênicos), além de elaborar propostas que possam ser debatidas na Convenção da Diversidade Biológica, que será realizada em março de 2006 no Paraná.

?Temos o compromisso de disseminar o conceito ?biodiversidade? e conscientizar a população sobre sua necessidade para o equilíbrio ambiental e até mesmo econômico do Estado?, destacou o secretário. ?É fundamental que a sociedade esteja preparada para argumentar e debater um tema que é de interesse público como este?, disse Cheida.

O secretário explicou que para difundir o significado e a importância da biodiversidade, ou diversidade biológica, a Secretaria do Meio Ambiente está promovendo capacitações para segmentos sociais que possam atuar como multiplicadores das informações ? como jornalistas e professores.

Um treinamento envolvendo 52 lideranças indígenas de 13 Estados brasileiros, realizado em setembro, foi uma das atividades preliminares à Convenção.

Para o presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Rasca Rodrigues, a conservação da biodiversidade deixou de ser apenas uma questão ideológica para se tornar uma necessidade. ?A sobrevivência da raça humana depende da sobrevivência da natureza?, disse Rasca.