Depois da onda de ataques contra a população carioca nos últimos dias de 2006, o governo federal confirmou nesta segunda-feira (8) a liberação de mais R$ 135 milhões para reforçar a segurança para os Jogos Pan-Americanos do Rio, que acontecerá entre os dias 13 a 29 de julho. A informação foi divulgada pela Agência Brasil.

A Medida Provisória, assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e publicada no Diário Oficial da União, destina ainda R$ 313,5 milhões para implementações de infra-estrutura e tecnologia, e R$ 8,3 milhões para a modernização dos Aeroportos Galeão e Santos Dumont.

Segundo o Ministério do Planejamento, com essas verbas, o repasse do governo federal para a competição soma R$ 1,284 bilhão, quase dez vezes mais do que os R$ 135 milhões orçados inicialmente pela União para o Pan.

Somado a isso, os agentes da Força Nacional irão desembarcar no Rio já a próxima semana após pedido do novo governador do Estado Sérgio Cabral (PMDB-RJ) – já estava prevista o reforço da segurança com a tropa. O projeto também contará com 14 mil agentes, 27 aeronaves e 600 câmeras de vigilância, que serão espalhadas pela cidade.

A preocupação com a segurança dos Jogos Pan-Americanos cresceu após a onda de violência registrada na cidade em 28 de dezembro, que deixou ao menos 19 pessoas mortas. Entre as ações dos criminosos, delegacias foram atacadas a tiros e ônibus foram queimados.