O Ministro do Planejamento, Guido Mantega, confirmou hoje, em um encontro com empresários da indústria elétrica e eletrônica, o descontingenciamento de R$ 1 bilhão do Orçamento na próxima segunda-feira. Segundo Mantega, um relatório seria enviado no final da tarde de hoje ao Congresso Nacional mostrando a variação da receita e alguns projetos prioritários do governo.

De acordo com o ministro, o presidente Luís Inácio Lula da Silva irá definir as áreas beneficiadas pelo descontingenciamento, assim como o valor destinado a cada uma delas, mas a prioridade deverá ser a infraestrutura. Em 14 de fevereiro deste ano, o governo bloqueou R$ 14,1 bilhões do orçamento para cumprir a meta de superávit primário com o FMI (Fundo Monetário Internacional), que é de 4,25% do PIB (Produto Interno Bruto). O descontingenciamento de R$ 1 bilhão será publicado no “Diário Oficial” da União na próxima terça-feira.

Mantega reuniu-se com 39 empresários de 36 indústrias da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), entre eles representantes da IBM, Panasonic, Philips e Ericson, para discutir a crise no setor, que no primeiro trimestre de 2003 teve queda de 14,27% nas vendas. Os empresários se queixaram da alta taxa de juros, mantida esta semana pelo Banco Central em 26,5% ao ano.