O secretário do Meio Ambiente Luiz Eduardo Cheida propôs nesta quarta-feira (9), durante a da abertura do Workshop "Ciência e Tecnologia e suas aplicações na área ambiental", realizado em parceira com o Instituto Tecnológico Simepar, a criação do Fórum Paranaense de Mudanças Climáticas. Segundo ele, o Fórum deve ser voltado à sociedade paranaense para a conscientização e discussão dos fenômenos decorrentes das mudanças climáticas locais e globais.

"Vamos fomentar o debate, estudos e pesquisas identificando as vulnerabilidades decorrentes do aumento médio da temperatura", disse Cheida. Ele explicou que o governo do Paraná já vem atuando com bastante ênfase em questões como o desmatamento, a emissão dos gases produzidos por lixões a céu aberto, bem como do gás metano emitido pela suinocultura. A falta de cobertura vegetal, aliada a essas emissões, comprovadamente estão ligadas à mudança climática.

Para o secretário, um espaço de discussão como o Fórum também deverá estimular a incorporação das causas e efeitos das mudanças climáticas em políticas setoriais que se relacionem com a emissão e seqüestro de gases de efeito estufa. "Estaremos priorizando a implantação de projetos que utilizem o mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) para usufruir dos benefícios do mercado de carbono decorrente do Protocolo de Kyoto e outros mercados similares", afirmou.

Durante o encontro, técnicos da Secretaria do Meio Ambiente e gerentes do Simepar ainda trocaram informações para estruturar outros projetos de desenvolvimento compartilhado na área ambiental.