O Governo do Paraná, por meio do Centro Regional de Atendimento Integrado ao Deficiente (Craid), realiza nos dias 06 (sábado), 13 (sábado) e 27 (sábado) deste mês e no primeiro sábado do mês de setembro (03/09) um curso de Atualização em Visão Subnormal. O curso foi desenvolvido para atender às necessidades de 12 novos profissionais que passam a integrar a equipe da Estimulação Visual do Craid e para aprimorar os conhecimentos dos profissionais que já atuam no setor.

?Durante anos não tivemos cursos de reciclagem para os profissionais do Craid. Agora esses cursos ajudam a melhorar o atendimento à população. O nosso objetivo é atender a todos da melhor forma possível?, disse o secretário de Estado da Saúde, Cláudio Xavier.

O encontro contará com a presença de técnicos capacitados que abordarão temas direcionados ao trabalho destes setores no Craid e darão suporte para que os profissionais recém chegados possam embasar a sua prática pedagógica para promover um melhor atendimento aos pacientes. ?Esses cursos são para professores do Centro que vão atuar junto aos pacientes, desde a criança até o idoso?, contou a diretora do Centro, Orcezi Antunes.

Serviços

No primeiro encontro serão discutidos os aspectos pedagógicos e clínicos do atendimento. Essa discussão estará direcionada para que os profissionais tenham uma noção sobre oftalmologia e as patologias que causam a baixa visual.

O Setor de Visão Subnormal do Craid atende mensalmente cerca de 1.200 pacientes com visão subnormal, fazendo trabalhos de estimulação visual para bebês e também para pacientes de todas as idades. Na identificação de doenças progressivas, os alunos recebem aulas diferenciadas tais como braile e sorobã (cálculos matemáticos para deficientes visuais), orientação e mobilidade.

Além destes serviços são ainda ofertados a iniciação à informática e o serviço itinerante (apoio pedagógico no ensino regular). ?Para receber o atendimento em visão subnormal as pessoas podem ser encaminhadas por médicos oftalmologistas, escolas e comunidade?, disse Orcezi.