O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou há pouco a lei que concede ajuda financeira de R$ 300 mensais a bolsistas do Programa Universidade para Todos (ProUni).

A bolsa é voltada a universitários de baixa renda que estudam em tempo integral. As bolsas vão começar a ser pagas a partir do ano que vem e vão atender, inicialmente, 3,6 mil alunos de Medicina.

A lei também cria o programa Escola de Fábrica, iniciativa que estimula a capacitação profissional dentro das empresas. O programa pretende atender ainda este ano 11,5 mil jovens de baixa renda. Durante o curso, os alunos recebem bolsa-auxílio de até R$ 150.

Para participar do programa é preciso ter entre 16 e 24 anos, renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio, e estar matriculado em curso de educação básica ou na modalidade de educação para jovens e adultos.

Além disso, a nova lei também reajusta o valor da bolsa concedida pelo Programa de Educação Tutorial (PET) de R$ 241 para R$ 300. O PET é destinado a alunos de graduação de instituições públicas e privadas.