O governador Roberto Requião autorizou a efetivação de despesas no valor de R$ 1,7 milhão para a reforma e ampliação do Cine Teatro Império, no município da Lapa. Segundo a secretária de Estado da Cultura, Vera Mussi Augusto, esta obra vai proporcionar melhorias culturais e turísticas na cidade. "A Lapa hoje é um roteiro nacional de turismo e faltava na cidade um espaço para grandes reuniões e convenções, que agora terá", afirmou a secretária.

Ainda na área cultural, o governador autorizou um convênio com a prefeitura da Lapa para a implantação do Memorial Ney Braga. "Este Memorial, além de fazer justiça a um paranaense que se destacou no Estado e no país, vai compor a cidade ajudando na manutenção e preservação de suas tradições", avaliou Vera Mussi. "Com estes dois espaços, a Lapa vai estar cada vez mais no roteiro cultural e turístico do Paraná, procurado muito por paranaenses e pessoas de todo o Brasil".

O Governo do Estado vai adequar o espaço doado pela prefeitura e a família de Ney Braga vai conceder os objetos a serem expostos. A casa onde o ex-governador e ex-ministro nasceu, no Centro Histórico da Lapa, será o espaço onde ficarão os objetos, medalhas, diplomas e fotografias que pertenceram a Ney Braga e que foram definidas pela senhora Nice Braga, viúva do homenageado.

Os projetos de recuperação do imóvel, do mobiliário de exposição e o luminotécnico são assinados pela Coordenadoria do Patrimônio Cultural (CPC), da Secretaria de Estado da Cultura.

A casa já havia sido comprada e restaurada pela Prefeitura da Lapa, acatando proposta do então prefeito Sérgio Leoni, no início da década de 80, instalando no local a Biblioteca Municipal da Lapa.

Atualmente, a biblioteca funciona em outro local e a casa abrigará o Memorial Ney Braga. O acervo foi identificado, catalogado e higienizado pela CPC, com apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).