O governador em exercício Hermas Brandão assinou nesta terça-feira (24), em Paranaguá, o edital de lançamento do processo seletivo para a con-tratação de 622 servidores para o Hospital Regional do Litoral e para o Hos-pital Infantil Antônio Pontes, os dois sob gestão do Governo do Estado. São 322 vagas para agente profissional de nível superior, 196 para profissional de nível médio e 104 para agente de apoio, de nível fundamental.

?O Governo do Estado tem compromisso e respeito com o povo de Para-naguá. A contratação destes funcionários é uma prova disso, assim como os mais de R$ 25 milhões investidos no hospital?, salientou Hermas Brandão. As vagas vão desde enfermeiro, fisioterapeuta, farmacêutico e assistente social, no nível superior, até auxiliar operacional, auxiliar administrativo, auxiliar de saúde, motorista e telefonista, no nível fundamental, passando por técnico de enfermagem, auxiliar de enfermagem e técnico administrativo, no nível mé-dio. Somente para a função de médico são 270 vagas, em vinte especialidades.

?Com a contratação de novos profissionais, a saúde no litoral será fortale-cida, como vem ocorrendo em todo o Paraná. O fortalecimento da saúde no interior do Estado faz parte da estratégia de regionalização da saúde do atual governo?, analisou o diretor-geral da Secretaria da Saúde, Carlos Manuel dos Santos, representando o secretário Cláudio Xavier.

?O hospital tinha uma defasagem de cerca de 15 funcionários de enfer-magem. Esta contratação dos profissionais irá gerar melhor qualidade de ser-viço para todas as crianças do litoral?, afirmou a diretora do Hospital Infantil Antônio Fontes, Marlene Schemmel. O diretor-geral do Hospital Regional, Carlos Lobo, também elogiou a postura do Governo do Estado. ?Esta contra-tação aponta para a conclusão do novo hospital e demonstra o compromisso com o povo do litoral?, enfatizou.

As inscrições serão realizadas no período de 31 de outubro a 10 de no-vembro, na nova sede da 1a Regional de Saúde, em Paranaguá, à rua Coronel José Lobo, 547, das 9h às 17h. As provas serão realizadas no dia 26 de no-vembro das 14h às 17h, em locais que serão publicados no Diário Oficial do Estado com antecedência mínima de cinco dias úteis e afixados no local da inscrição. Os resultados serão divulgados até oito dias depois da realização das provas. Os afro-descendentes terão direito à reserva de 10% das vagas.

Os candidatos aprovados serão contratados por um ano, podendo o con-trato ser prorrogado por mais um. O vencimento dos contratados de nível su-perior será de R$ 2.088,00, os de nível médio receberão R$ 870,00 e os de ní-vel fundamental terão salário de R$ 580,00. Quem for contratado para traba-lhar no Hospital Regional do Litoral receberá uma Gratificação de Atividade de Saúde (GAS) no valor de R$ 700,00.

A 1a Regional de Saúde, com sede em Paranaguá, compreende oito muni-cípios e o Hospital Regional do Litoral é referência para os mais de 260 mil habitantes da região. ?Quando a construção do hospital estiver concluída, o atendimento à população e a turistas ficará ainda melhor. O hospital está sen-do equipado com o que há de mais moderno na medicina e, com a realização do teste seletivo, teremos profissionais qualificados e motivados para realizar esse trabalho?, enfatizou o diretor da 1a Regional de Saúde, Paulo Roberto Za-nicotti.

O Hospital Regional do Litoral é a antiga Santa Casa de Paranaguá, com a readequação e modernização de vários espaços. A Santa Casa atravessava vá-rias dificuldades e foi adquirida pelo Governo do Estado, que começou a in-vestir na melhoria da infra-estrutura. Até o momento o Governo investiu cerca de R$ 16 milhões. Com o término das obras, estarão à disposição da popula-ção mais de 100 leitos para internamento, 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adultos, além de 10 neonatais e leitos de cuidados intermedi-ários. Hoje o hospital conta com sete leitos de UTI adulto.

O governador também anunciou R$ 720 mil para a construção de oito salas de aula no Centro Esportivo Ilha dos Valadares. A edificação será feita por meio de parceria entre a Provopar e a Secretaria de Estado de Obras Públi-cas mediante edital de processo licitatório a ser instaurado.