A Grã-Bretanha ofereceu hoje um pacote de 36 bilhões de libras esterlinas aos políticos católicos e protestantes da Irlanda do Norte, mas com a condição de que eles anunciem a formação de uma coalizão de partilha de poder nos próximos dias.

A quantia, equivalente a quase R$ 150 bilhões, deverá ser liberada ao longo dos próximos quatro anos, caso haja acordo, anunciou o secretário de Tesouro da Grã-Bretanha, Gordon Brown.

Ele revelou a existência de um fundo especial para a Irlanda do Norte depois de uma reunião em Londres com líderes dos quatro principais partidos da província, que têm até segunda-feira para formalizar uma coalizão de partilha de poder incluindo católicos e protestantes.

Brown esclareceu que o dinheiro será liberado apenas se os protestantes do Partido Democrata Unionista abandonarem sua oposição à coalizão até segunda-feira.